Share It

quarta-feira, fevereiro 28, 2007

DEVER DE CASA

VOCÊ FOI PEGO DE SURPRESA COM A QUEDA DAS BOLSAS? PREPARE-SE PARA USUFRUIR OS DIAS MELHORES QUE VIRÃO, ASSISTINDO AO CURSO "MERCADO DE AÇÕES SEM SEGREDO", DIA 31 DE MARÇO NO RIO DE JANEIRO.
APRENDA A RESPONDER ÀS TRÊS PERGUNTAS MAIS IMPORTANTES PARA QUEM INVESTE EM AÇÕES:
O QUÊ COMPRAR? QUANDO COMPRAR? QUANDO VENDER?
INFORMAÇÕES: hsantos10@hotmail.com

NOTAS

Coloquei hoje no blog www.mercadoseacao.blogspot, diversas reportagens e artigos sobre a ocorrência de ontem nas Bolsas. A coluna da Míriam Leitão, no Globo Online também está muito boa. Vale a leitura destes materiais.

BOLSAS HOJE

As Bolsas americanas e a BOVESPA tiveram uma correção técnica em virtude da forte queda de ontem. Esta queda vai deixar seqüelas no mercado. Na sexta feira poderemos ter uma idéia mais precisa da tendência, através dos gráficos semanais. Provávelmente teremos uma volta mas há resistências diversas a serem vencidas. Vai ser preciso um grande esforço dos compradores para inspirar confiança a quem saiu.

BOLSAS RECUPERAM MAS INSPIRAM CUIDADOS.


BOLSAS SUBIRAM NO INÍCIO E SE ARRASTARAM DEPOIS



As Bolsas americanas e a BOVESPA subiram na primeira hora do pregão, e depois ficaram de lado, pois os vendedores não permitiram maior subida. Ocorreu uma correção técnica no intraday, que vai influenciar o mercado de amanhã.

A BOLSA FURADA

O pregão da Bolsa de Tóquio abriu em forte queda nesta quarta-feira, na esteira da derrubada das bolsas ao redor do mundo, ocorrida na terça-feira, a partir da queda de quase 9% na bolsa de Xangai. Os mercados maduros recuaram entre 2% e 3% e nos emergentes, Brasil e Argentina à frente, o tombo chegou aos 7%.

A abertura em queda das cotações no Japão (na primeira meia hora, o índice Nikkei recuava 3,8%) faz prever pelo menos mais um dia de nervosismo nas bolsas de todo o mundo. Ainda que a maioria dos analistas não enxergue razões para uma crise estrutural, prevendo um retorno à normalidade em no máximo duas semanas, sabe-se lá como evoluem as coisas, nessas horas, no mercado financeiro, quando análises pretensamente sofisticadas são atropeladas por manadas de investidores desorientados.

Nas explicações corriqueiras, o mergulho das cotações se deveu a dois motivos. Primeiro, rumores de preparação de um plano chinês para, muito em breve, frear o ritmo de crescimento de sua economia, com alta nas taxas de juros e aperto nos impostos. O outro, o alerta de Alan Greenspan, ex-presidente do Federal Reserve, numa palestra em Hong Kong, na segunda-feira, para indícios de uma recessão nos Estados Unidos, já no fim do ano, coroando o encerramento do ciclo de expansão da economia global iniciado há pelo menos meia dúzia de anos.

Por que diabos os tais planos de conter a economia chinesa só se materializaram ontem nas versões que correram os mercados e, mais estranho, porque uma palestra na segunda só foi tumultuar os pregões na terça, eis aí alguns dos mistérios dos mercados financeiros.

No Brasil, até que foi curioso. Enquanto o ministro da Fazenda minimizava o tremelique, o presidente do Banco Central, jogava a voz nas graves profundezas dos sons baixos para entender a turbulência como um alerta de que o futuro pode não ser tão risonho. Nada a ver com o desejo de Guido Mantega de que o Banco Central reduza os juros, assim como com a oportunidade, captada por Henrique Meirelles, para defender sua política conservadora de manutenção de juros altos e acumulação de reservas cambiais.

De concreto, a constatação de que ícones do financeirês, como o risco-país, não passam de piada (o tal que leva meses para recuar uns 100 ou 200 pontos, avançou logo uns 20 pontos em poucos minutos). E que mercados emergentes, na hora em que a onça começa a beber água, estejam onde estiverem os famosos fundamentos econômicos e seja qual for o tamanho dos seguros contra volatilidades (vide US$ 100 bilhões em reservas cambiais), não passam de uma bolsa furada. E ainda vamos ter de agüentar a conversa de que a terra tremeu porque a dose do remédio aplicado pelo BC tem sido muito tímida.

Publicado por José Paulo Kupfer - 28/02/07 12:36 AM no site "www.nomínimo.com.br"

BOM PARA LER

O Globo online http://oglobo.globo.com/ de hoje,(necessário se cadstrar) traz um artigo da jornalista Míriam Leitão sobre o que aconteceu ontem nas Bolsas de Valores no mundo.
Tem também uma reportagem sobre a fala de Alan Greespan, ex-presidente do FED (o BC deles) sobre a possibilidade de uma recessão nos EUA em 2007. Vale a pena ler.

terça-feira, fevereiro 27, 2007

A HORA DE APRENDER É AGORA

ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO ANTI-MEDO, ANTI-TERROR, ANTI-DEPRESSÃO, ANTI TUDO QUE ACONTECEU.
A HORA É DE APRENDER A OPERAR COMO OS PROFISSIONAIS. EXPLICO TUDO EM UM DIA. SÃO 25 ANOS DE EXPERIÊNCIA EM BOLSA, POR UM PREÇO MUITO MENOR DO QUE AQUELE QUE IRÃO PAGAR SE NÃO APRENDEREM AS TÉCNICAS DO MERCADO.
O QUÊ COMPRAR? QUANDO COMPRAR? QUANDO VENDER?
RESPONDIDAS ESTAS TRÊS PERGUNTAS NÃO TEM ERRO EM INVESTIR NA BOLSA.
INFORMAÇÕES:
hsantos10@hotmail.com

O PODER DAS PALAVRAS

Resolvi fazer um comentário único sobre a queda das Bolsas americanas e da BOVESPA, pois todas fizeram figuras praticamente iguais. Inclusive colocando os gráficos em um só bloco (o 1º é o gráfico do IBOVESPA, o 2º é do índice Dow Jones, e o 3º é o gráfico da NASDAQ). O fundo preto é proposital, refletindo o dia de hoje.
Deixei de colocar os gráficos da Petro e Vale pois estão iguais aos dos índices.
Os novos investidores devem estar perplexos com uma queda desta magnitude; eu não me assusto pois sou de outra época; vi as Bolsas brasileiras caírem durante onze anos e não saí do mercado, continuei trabalhando nele, aprendendo, estudando e me preparando para dias melhores; valeu a pena. Este momento de terror vai passar e as Bolsas vão voltar a subir.
A pergunta que todos devem estar fazendo é:: POR QUÊ AS BOLSAS CAÍRAM?
Minhas respostas são simples: 1) Porque subiu de mais, sem fazer correções ao longo do caminho; 2) Porque teve mais vendedores do que compradores.
Tá bom, vocês querem a estorinha que está por tráz da queda; é o seguinte: os mercados vivem à base de emoções. As duas grandes forças que trocam socos todos os dias são o medo e a ambição. Durante o processo de alta, a ambição dominou. Bastou uma notícia ruim, para que o medo tomasse conta do cenário.
O quê provocou a baixa? Uma simples frase do ex-presidente do FED, Alan Greespan que disse, em um seminário em Tóquio, que a economia americana deverá entrar em recessão no fim de 2007. Como o mercado interpretou estas palavras? Que o atual presidente dom FED, o Banco Central americano, não tem o controle da situação; logo, vamos vender enquanto é tempo.
Durante muitos anos, Alan Greespan foi considerado "o maestro" da economia americana. Quando falava todos percebiam a força de suas palavras e o silêncio tomava conta da platéia. Ben Bernake veio para seu lugar, mas não conseguiu passar a confiança de que Grespan desfrutou; o mercado americano sempre o tratou com um pé atráz, muito mais como um teórico do que um operador, como foi Greespan.
Essa queda de hoje e as outras que a seguirão vai por Bernake à prova. Ele vai ter que mostrar que é o homem certo, no lugar certo, na hora certa. Se isso não ocorrer, a queda pode ser longa.
O quê na prática irá ocorrer? Bem, os mercados todos ultrapassaram Pontos de Ruptura (quem fez meu curso a Matemática do Mercado sabe o quê isto significa). Então é provável que os mercados caiam muito. Como vai ser o amanhã? Difícil dizer. Podem ocorrer duas coisas: 1) o mercado continua caindo por mais uns dois ou três dias e depois sobe, fazendo uma correção técnica, para cair de novo; 2) a correção ocorre amanhã, dando alento aos comprados, para cair mais.
Praticamente todos os ativos deram sinal de venda, mas alguns índices já entram no terreno de sobre vendido, o que provoca uma alta de curto prazo.
Quem operou até agora, colocando stops móveis diariamente e atentando para o fato das Bolsas estarem em área sobre comprada, devem ter saído há algum tempo. Os que operam sem técnica estão desesperados e deverão sair correndo das Bolsas. Voltarão mais tarde.
Passaremos a ver na mídia, as bobagens de sempre: 1) Ação é investimento de risco; 2) a longo prazo as Bolsas superam qualquer investimento; 3)quem comprou ações de boas empresas não deve ficar preocupado, e devem ter em mente que elas têm um preço justo (outra bobagem) e, que um dia subirão.
O quê fazer? Vender um pouco amanhã, se o mercado subir e continuar vendendo se continuar em alta ou, aguardar por um respiro (igual aos mergulhadores) para sair do mercado e tirar umas férias; aproveitar para aestudar e aprender como se formam os preços no mercado.
Vamos olhar o lado positiuvo. A queda das Bolsas permite que se compre as ações a preços menorees e atraem investidores que estavam com dinheiro em vcaixa e esperavam uma chance de entrar, mas achavam que o mercado estava perigoso.
A Bolsa não acaba nunca (que bom). Dias melhores virão. Quem se preparar vai ter liucros excelentes, desde que não seja ambicioso e aprenda a operar como os profissionais.
Bola pra frente pois a vida continua.

MERCADOS DE LUTO



ATENÇÃO

Vou estar fora o dia inteiro. Por esse motivo, só vou responder aos e-emails à tardinha.
Sucesso a todos.
Humberto

segunda-feira, fevereiro 26, 2007

OFERTA ESPECIAL PARA O CURSO EM BRASÍLIA

Hoje comecei a receber pré inscrições do pessoal da capital federal. O curso por lá vai ser um suceso, tenho certeza. Se você mora perto do Lula, leve-o ao curso e ganhe uma bolsa de 100% do valor a ser pago. Aproveite esta chance pois outro curso em BSB só em junho.
Este ano é o ano da BOLSA. Quem diz isto não sou eu: é a revista EXAME, desta quinzena, que traz extensa reportagem sobre o assunto.
Você não vai querer ficar de fora nesta festa, ou vai?
Faça sua pré inscrição e ganhe um desconto no seu investimento.
Informações: hsantos10@hotmail.com.

E você que mora em Ribeirão Preto ou em Natal, aguarde que estou formando parcerias nestas duas cidades para formar investidores de sucesso em Bolsa. Seu dia chegará!

INSCRIÇÕES JÁ COMEÇARAM

COMEÇOU HOJE A TEMPORADA DE INSCRIÇÃO PARA O CURSO MAIS EFICIENTE SOBRE INVESTIMENTO EM AÇÕES: "MERCADO DE AÇÕES SEM SEGREDOS" SERÁ REALIZADO NO DIA 31 DE MARÇO NO RIO DE JANEIRO. PREÇOS PROMOCIONAIS PARA QUEM SE INSCREVER LOGO, POIS AS VAGAS SÃO LIMITADAS.
TOME UMA ATITUDE E APRENDA A OPERAR COMO OS PROFISSIONAIS.
EM ABRIL TEREMOS AS EDIÇÕES DE BRASÍLIA E SÃO PAULO.
INFORMAÇÕES: hsantos10@hotmail.com

BOVESPA VAI PUXAR BOLSAS AMERICANAS?



A BOVESPA teve um dia agitado. Abriu em alta subindo +0,83%. Com a abertura das Bolsas americanas em queda, acabou cedendo, caindo -0,24%. Recuperou-se de forma surpreendenta e fechou na contramão dos amigos do Bush, subindo no final 0,42% em 46.207 pts.
Amanhã (terça feira) os mercados terão que escolher um só caminho: ou a BOVESPA cede, acompanhando os americanos, ou estes sobem, seguindo a BOVESPA. Estão abertas as aposts.

INVESTIDORES AMERICANOS TIVERAM UM DIA TRISTE



As Bolsas lá do Norte começaram o dia em alta, talvez(?) por causa da alta da BOVESPA (processo chamado "me engana que eu gosto"). Assim que os vendedores perceberam a fraude, entraram vendendo e todas fecharam em baixa. O índice D Jones teve perda de 0,12% fechando em 12.632 pontos, sem perder o suporte em 12.600 pontos. A NASDAQ sempre mais volátil, fechou com perda maior, 0,42% em 2.504 pontos. Ambas estão com sinais de venda. O jeito é esperar novo movimento de alta para operar ADRs (exceção para os ADRs da Petrobrás que tiveram alta influenciados pela alta de petróleo.

MERCADOS MELHORAM APÓS PÂNICO



As Bolsas americanas e a BOVESPA melhoram no final após grandes perdas no dia.
Gráfico 1 IBOVESPA; gráfico 2 (na parte de baixo) NASDAQ.
Mais tarde faço comentários mais completos.

MERCADOS CEDEM DURANTE O DIA



Bem que a BOVESPA tentou inicialmente, no dia de hoje, continuar no ritmo de carnaval, mas quando as Bolsas americanas iniciaram a queda, que está grande, teve que ceder à pressão dos vendedores e cedeu também, virando o cenário para quarta feira de cinzas. Vou acompanhar e mais tarde faço novo comentário do dia. Os gráficos devem indicar venda no final do dia.
O 1º gráfico é do IBOVESPA e o 2º do índice Dow Jones.
Gráficos cortesis de www.advfn.com

NOTAS

1 - JULIANO, ESCREVA UM E-MAIL POIS NÃO TENHO SEU E-MAIL PARA RESPONDER.

2- A REVISTA EXAME DESTA QUINZENA TRAZ EXTENSA REPOTAGEM SOBRE INVESTIMENTO EM BOLSA.

3 - JÁ ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO CAMPEÃO "MERCADO DE AÇÕES SEM SEGREDO". DESCONTOS INCRÍVEIS PARA QUEM SE INSCREVER ATÉ O DIA 17 DE MARÇO.
SOLICITE DETALHES PELO E-MAIL: hsantos10@hotmail.com.

4- SUCESSO ESTRONDOSO DO PROJETO "PARCERIAS". JÁ ESTOU NEGOCIANDO O CURSO PARAV TRÊS CIDADES FORA DO EIXO RIO-SP. VENHA PARTICIPAR DO PROJETO EM SUA CIDADE.

domingo, fevereiro 25, 2007

CURSO "MERCADO DE AÇÕES SEM SEGREDO"

AGENDA DO CURSO CAMPEÃO DE EFICIÊNCIA:
DIA 31 DE MARÇO NO RIO DE JANEIRO;
DIA 14 DE ABRIL EM BRASÍLIA;
DIA 28 DE ABRIL EM SÃO PAULO.

A PARTIR DO DIA 26 DE FEVEREIRO, SEGUNDA FEIRA, OS INTERESSADOS PODERÃO SOLICITAR AS INFORMAÇÕES COMPLETAS DO CURSO NO RIO DE JANEIRO. BÔNUS DIVERSOS PARA QUEM SE INSCREVER ATÉ O DIA 17 DE MARÇO.

QUEM TIVER INTERESSADO EM PARTICIPAR DO CURSO DE BRASÍLIA, E FIZER SUA PRÉ-INSCRIÇÃO (SEM QUALQUER CUSTO INICIAL) ATÉ O DIA 02 DE MARÇO, RECEBERÁ UM BÔNUS GORDO QUANDO DO PAGAMENTO. ESCREVAM E APROVEITEM AS SUPERPROMOÇÕES PARA ESTE CURSO.

AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO EM SÃO PAULO SÓ TERÃO INÍCIO NO FINAL DE MARÇO.

PROCURO PARCEIROS PARA A MONTAGEM DE CURSOS EM QUALQUER CIDADE DO PAÍS. DIVIDO OS LUCROS COM QUEM QUISER PARTICIPAR DESTE PROJETO. INTERESSADOS ESCREVAM PEDINDO INFORMAÇÕES.
hsantos10@hotmail.com

BOM DOMINGO.

sábado, fevereiro 24, 2007

POSTAGENS DE HOJE

C oloquei as seguintes postagens no dia de hoje:
Petróleo, Dow Jones, Vale, Petro, BOVESPA. Postei gráficos diários e samanais.
Bom fim de semana

BOVESPA DEPENDE DAS BOLSAS EXTERNAS



A BOVESPA retornou aos braços do pai e cedeu na sexta feira, perdendo nesse dia 0,94% e fechando em 46.015 pontos. Está com divergência de baixa no gráfico diário e deu sinal de venda no Estocástico. Essa semana será importante para definir se vendemos toda a carteira ou se permanecemos comprados. Suporte em 45.400 pontos. A tendência depende agora dos preços do petróleo, com jeito de alta, e das Bolsas americanas (observando as falas do FED sobre inflação).

ADRs DA PETROBRÁS PODEM CEDER A MÉDIO PRAZO



Os ADRs da Petrobrás estão com sinal de alta a curto prazo e de baixa no médio prazo (divergência de preços). Com os preços do Petróleo suibindo poderão ter alta forte mas, essa mesma alta no petróleo, poderá causar transtornos nas economias e por conseguinte nas Bolsas de todo o mundo.

VALE PODE CAIR ESTA SEMANA



Os ADRs da Vale do Rio Doce estão com sinais de iminente queda, principalmente por estarem com Divergência de baixa nos gráficos diário e semanal.

BOLSAS AMERICANAS FECHARAM A SEMANA EM QUEDA




As bolsas americanas divergiram de tendência na quinta feira e fecharam em baixa moderada na sexta.
Nos gráficos acima vemos que o índice Dow Jones está vendido no curto e no médio prazos. Tem forte sinal de divergência de baixa. Está semana poderá definir uma baixa mais forte ou uma recuperação nos preços. A hora não é de compra de ADRs.

PETRÓLEO DEVE SUBIR A MÉDIO PRAZO



O petróleo subiu esta semana e está com indicação de alta, apesar da primavera se aproximar lá por cima. Está formando uma figura de reversão, conhecida como Ombro-Cabeça-Ombro, nos gráficos diário e semanal dos preços em NY. Esta formação poderá ser concluída em uns 3 meses. Se isto ocorrer, será bom para as ações da Petrobrás mas, ruim para todos os países grande consumidores do produto.

sexta-feira, fevereiro 23, 2007

NOTA

AS ANÁLISES DOS MERCADOS SERÃO FEITAS NO DECORRER DO SÁBADO.

quinta-feira, fevereiro 22, 2007

BOVESPA IGNORA BATE CABEÇA EM WALL, STREET


A BOVESPA ignorou solenemente a confusão atual nas Bolsas americanas. Operou em alta todo o dia, e fechou firme com +0,79 de ganhos. Continua em sua marcha ladeira acima. Foi ajudada pela subida de Petrobrás e Vale do Rio Doce. Quem sabe não ajuda as Bolsas do norte a se recuperarem? Hoje foi dia da caça.

PETRO E VALE SOBEM A LADEIRA EM NY




Os ADRs da Petrobrás e da Vale do Rio Doce deram um impulso à BOVESPA e subiram na contramão da Bolsa de NY (que cedeu 0,47%). Petrobrás foi auxiliada pela subida do petróleo (que parece estar formando um Ombro-Cabeça- Ombro invertido no médio prazo). Deu sinal de compra no Oscilador e no Indicador.
Vale continua célere mas entrou em área de sobrecomprado, o que pode trazer queda a qualquer momento.

BOLSAS AMERICANAS AINDA CONFUSAS



As Bolsas americanas operaram divergindo no dia de hokje. A NASDAQ subiu no início, caiu no meio do pregão e no final se recuperou de forma supreendente fechando com +0,52%.
O índice Dow Jones permaneceu em baixa por todo o pregão e fechou com - 0,45% de queda em 12.686 abaixo do suporte em 12.700 pontos. Próximo suporte em 12.600. Continua o clima iondefinido por lá.

BOVESPA DESCOLA DAS BOLSAS AMERICANAS



A BOVESPA opera em alta forte durante todo o dia até as 16:45h enquanto as Bolsas americanas passam todo o dia em terreno negativo. Será que teremos um descolamento das Bolsas ou a BOVESPA vai puxar as pesadonas? Veremos no fim do dia.

quarta-feira, fevereiro 21, 2007

BOVESPA CONTRARIA WALL STREET


A BOVESPA subiu hoje 0,53% fechando na máxima do dia depois de estar em alta por todo o pregão. Fez um pull back atá a linha de suporte, rompida anteriormente, e continua com chances de subida, que só será interrompida se os americanos resolverem que a hora é de venda. Olho vivo quem está comprado. Coloquem stops de ganho de 3% e fiquem de olho nos sinais de venda de cada papel da suas carteiras.

ADRs DA PETROBRÁS E DA VALE TÊM FORTE ALTA EM NY



Os ADRs da Petrobrás tiveram um dia de alta de 0,70%, com sinal de compra nos indicadores.
ADRs da Vale do Rio Doce continuaram em alta, fechando na máxima com 0,67% de alta.
Estas performances ajudaram a BOVESPA a subir hoje.

BOLSAS AMERICANAS DIVERGEM DE TENDÊNCIA



As Bolsas americanas tiveram um dia de divergência. Os principais índices, o Dow Jones e a NASDAQ foram, cada um, para um lado. O DJones operou todo o dia em baixa e fechou em 12.738 com uma perda de 0,38%. Fez sinal de queda no Estoastico e deu indicação de baixa na barra de hoje no gráfico.
A NASDAQ subiu 0,21% fechando em 2.518 pontos.
Amanhã será um dia complicado. Dependendo destes mercados saberemos se a alta continua ou não.

NOTAS


Acabei de postar dois artigos interessantes no blog www.mercadoseacao.blogspot.com
1- URL de artigo do ex-ministro Maílson da Nóbrega sobre o incompreendido Banco Centarl do Brasil;
2- Artigo sobre o Grau de Investimento brasileiro, tão aguardado pelos investidores em Bolsa.
Copiei da excelente revista "Ações e Mercados".
www.acoesemercados.com.br

terça-feira, fevereiro 20, 2007

BOVESPA DEVE SUBIR NA QUARTA FEIRA (DE CINZAS)


A BOVESPA fechou em queda na sexta feira, dia 16-02. Não viu os mercados subirem na mesma sexta nem hoje, terça feira (gorda). Deve subir na quarta feira para ajustar os preços aos ADRs de NY. Lá fora, os ADRs da Vale subiram e os da Petrobrás cairam mas com recuperação dentro do dia. Amanhã (quarta) vai ser um dia nervoso com possíveis realizações de lucro por parte de nossos parceiros americanos.

NASDAQ SOBE MAIS QUE DOW JONES



A Bolsa eletrônica NASDAQ iniciou o dia em baixa (gráfico com fundo amarelo) e depois subiu 0,67% fechando praticamente na máxima em 2.513.
Rompeu:
1- Um triângulo simétrico, que projeta uma alta até 2.660 pontos;
2- Um topo histórico.
Está em área de sobrecomprado.

DOW JONES SOBE MAS TEM PROBLEMAS



Hoje não tivemos operações na BOVESPA mas as Bolsas americanas funcionaram normalmente.
O índice Dow Jones começou o dia em queda, mas se recuperou e fechou com alta de 0,15% em 12.786, depois de ter feito um pull back na linha de suporte. O gráfico em amarelo mostra o movimento dentro do dia. No gráfico maior temos os movimento diários.
A destacar:
1- O índice entrou em área de sobrecomprado. Dedo no gatilho mas sem puxar o mesmo;
2- O volume negociado foi baixíssimo e pode afetar movimentos futuros de alta;
3- Os preços estão formando uma Deriva de Baixa.

segunda-feira, fevereiro 19, 2007

NOTAS

1- Bom dia a todos os leitores deste blog. Postei ontem no blog www.mercadoseacao.blogspot.com uma reportagem interessante, publicada na "Isto É Dinheiro" sobre as aberturas de capital recentes ocorridas no Brasil. Vale a visita.

2 - Hoje não tem mercado nem aqui nem nos States. Amanhã as Bolsas americanas abrirão e eu estarei acompanhando aquele mercado e postando notas no intraday, depois da praia, é claro. O que acontecer amanhã lá fora vai afetar a BOVESPA na quarta (abre às 13h, hora de Brasília). À noite analiso o Dow Jones e a NASDAQ.

3- Semana que vem vou iniciar a divulgação do curso "Mercado de ações sem segredo" que será realizado no Rio de Janeiro, no dia 31 de março. É imperdível. Preços promocionais.
No final de abril estarei de novo na paulicéia para realizar o mesmo curso por lá.

Sucesso a todos.

sábado, fevereiro 17, 2007

BOVESPA FECHA EM QUEDA E NÃO VÊ DOW JONES SE RECUPERAR




A BOVESPA oscilou bastante na sexta feira, dia 16; fechou em queda de 0,23% em 45.849 pontos, conforme meu comentário do dia 15-02. A mínima do dia atingiu 45.614 pontos, sem tocar nos 45.389 pontos, novo suporte. Encostou em uma linha de suporte no gráfico semanal e não rompeu.
Depois do fechamento da bolsa daqui da terrinha, as Bolsas americanas, que haviam caído, fecharam estáveis prenunciando um movimento de alta na terça feira gorda (não haverá mercado na segunda feira - que sorte a nossa).
As bolsas americanas sairão na frente da BOVESPA por um dia e uma hora e meia , pois esta só reabrirá na quarta feira de cinzas às 13hs (pode haver choro neste dia por aqui). Em operando em alta, as Bolsas americanas darão um forte puxão na BOVESPA na quarta feira.
No gráfico semanal, o de baixo, a BOVESPA sinalizou compra na semana, mas entrou em terreno sobrecomprado. A projeção gráfica é para 50.760 pontos (o que não significa certeza de alta forte - olho vivo e dedo no gatilho).
Na terça eu faço comentário sobre os mercados de fora e uma previsão do que irá ocorrer na quarta por aqui. Até lá, aguenta coração.

quinta-feira, fevereiro 15, 2007

BOVESPA NERVOSA


O dia de hoje foi agitado para os traders da BOVESPA. Iniciou em alta mas cedeu antes das Bolsas americanas abrirem. Quando viram que elas não cairiam voltou a subir mas acabou fecahando com leve baixa, quase estável. Amanhã é véspera de feriado longo e os profissionais não vão querer ficar comprados; acho que a BOVESPA cede mas não vai perder o suporte em 45.380 pois os segundo suporte calculado fica em 45.515 pontos.
Para quem está comprado, uma palavra de consolo: os gráficos não deram sinal de venda. O máximo que pode acontecer é alguns serem stopados.

TOUROS VENCEM A BRIGA NOS STATES



As Bolsas americanas tiveram mais um dia de alta ainda embaladas pelas palavras do presidente do Federal Reserve que disse que não há turbulências à vista para a economia americana. Fecharam com ganhos moderados pois ontem foi dia de rompimento de resistências, daí advindo as altas fortes de ontem. Há espaço para novas altas mas não creio que vá muito longe. Quem opera lá fora deve usar stops curtos.

BOVESPA estável às 17h


Às 17h a BOVESPA opera estável. As Bolsas americanas operam em alta moderada.

BOVESPA em leve alta


A BOVESPA está muito nervosa no dia de hoje; já esteve em terreno negativo mas às 15h sobe levemente. Vamos aguardar o fechamento pára ver que bicho vai dar. Bolsas americanas em alta à exceção do S&P100.

BOVESPA á espera dos gringos.