Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, julho 01, 2009

Bovespa fecha o primeiro pregão do segundo semestre em alta de 0,15%

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em leve alta nesta quarta-feira (1º), pregão de abertura do segundo semestre de 2009. No fim do pregão, o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, marcou ganho de 0,15%, para 51.543 pontos.
No fim da manhã, o indicador chegou a subir mais de 1,7%, de carona na animação das bolsas internacionais no dia. Durante a tarde, o Ibovespa reduziu os ganhos, seguindo de perto as bolsas norte-americanas. No fim do dia, o volume de dinheiro negociado na Bovespa ficou em R$ 5,57 bilhões.

Dados dos EUA
O mercado reage a dados dos Estados Unidos. Foi divulgado nesta quarta que o setor privado norte-americano cortou 473 mil postos de trabalho em junho, segundo dados da pesquisa ADP National Employment Report. O resultado ficou um pouco acima da expectativa dos economistas, de corte de 400 mil empregos.
Os gastos com construção nos Estados Unidos caíram 0,9% em maio ante abril, para uma taxa anual sazonalmente ajustada de US$ 964,05 bilhões, informou o Departamento de Comércio do país nesta quarta-feira. Foi a quinta queda em seis meses.
O índice de atividade industrial nos Estados Unidos do Instituto para Gestão de Oferta (ISM) subiu para 44,8 em junho, de 42,8 em maio, em linha com as previsões de economistas.

Outros pregões
Todos os principais índices dos EUA iniciaram o segundo semestre em alta. O índice Dow Jones, referência para Wall Street, teve alta de 0,68% nesta quarta-feira, enquanto o indicador de ações eletrônicas Nasdaq registrou desvalorização de 0,40%. O índice Standard & Poor's teve alta de 0,43%.
O índice FTSEurofirst 300, referência das principais bolsas europeias, subiu 1,65%, para 864 pontos, após ter caído 1,1% no último dia do segundo trimestre. Todos os três maiores mercados da Europa - Paris, Frankfurt e Londres - tiveram valorização superior a 2% no dia.
(Com informações da Reuters e do Valor OnLine)

Nenhum comentário: