Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, abril 21, 2009

Declarações do secretário do Tesouro puxam alta das bolsas dos EUA

As bolsas americanas se recuperaram das perdas da véspera e fecharam esta terça-feira (21), dia de feriado e mercado fechado no Brasil, com fortes ganhos, puxadas principalmente por declarações do secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, sobre a crise financeira.
O índice Dow Jones, referência para o mercado de Nova York, teve alta de 1,63% e fechou aos 7.969 pontos. O indicador de tecnologia Nasdaq teve ganhos de 2,22%, para 1.643 pontos. E o índice ampliado Standard & Poor's subiu 2,13%, para 850 pontos.

Rumo do dia
Em baixa na abertura, os índices de Wall Street subiram pouco a pouco durante a manhã, para fechar em forte alta. Segundo Owen Fitzpatryck, do Deutsche Bank, o anúncio do secretário Timothy Geithner de que os bancos já têm reservas suficientes para enfrentar a crise financeira animaram os investidores.
"(O anúncio) inverteu a tendência para o mercado, e principalmente para os valores financeiros", ressaltou o analista. Com isso, o índice S&P dedicado somente ao setor bancário subiu 10,97% no dia seguinte a uma queda de 14,96%.
As ações do JPMorgam Chase avançaram mais de 9% e foram o destaque do índice Dow Jones, um dia após preocupações com o setor bancário derrubar seus papéis para o menor patamar desde 5 de março.
"Houve uma preocupação de que os bancos pudessem precisar de capital adicional, mas seus comentários foram que a maior parte dos bancos estão adequadamente capitalizados", disse Bucky Hellwig, vice-presidente da Morgan Asset Management, em Birmingham, Alabama.
(Com informações da Reuters e da France Presse

Nenhum comentário: