sábado, março 28, 2009

BOLSAS NA ATUALIDADE

As Bolsas de Valores tiveram um cansaço na subida que tenta reverter um quadro não favorável às aços como investimento. A situação mundial ainda é caótica e o Roubini vai soltando a franga e conseguindo adeptos.
O mal maior é a situação financeira dos Bancos americanos bem como das grandes montadoras. O setor de construção tem um estoque enorme de casas sub avaliadas e que deverão ser o motivo de compra na recuperação, impedindo a construção de novas casas.
A China também preocupa pois há previsão de crescimento de se PIB na faixa de 6% para 2009.
Aqui no Brasil, a pesar das tentativas megalomaníacas de Lula e mantega, deveremos ter um crescimento zero. Vai faltar farinha no pirão da Barbie Roussef. Apesar disso os gráficos mostram possível reação de uns dois a três meses, o que não quer dizer luz no fim do túnel, mas um trem em sentido contrário.
A hora é de aprender com os erros cometidos, diminuir a ganância e estudar muito. Se até samba se aprende em escola especializada, não seria diferente com o investimento em ações.
Vejam abaixo o retrato que os gráficos apenas representam.
Gráficos com fundo branco são diáros; fundo amarelo são semanais.

2 comentários:

Fernando Augusto disse...

Olá Humberto.

Excelente balanço do 1º trimestre.

Abraços.

Humberto dos Santos disse...

Fernando quem tem padrinho não morre pagão.
Acho q volto às aulas no fim de abril.
O curso do Buffet vai demorar. Fica para o segundo semestre.
Bom domingo.