Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, março 16, 2009

Bovespa 'vira' no fim do pregão

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve um pregão de forte oscilação nesta segunda-feira (16), mas acabou terminando o dia em baixa. O índice Ibovespa, referência para o mercado brasileiro, caiu 1,05%, terminando aos 38.607 pontos.
O mercado local, que foi marcado pela divulgação de uma previsão do mercado de crescimento de 0,6% para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2009, viu as ações das "blue chips" Vale e Petrobras registrarem dia negativo. As ações da Vale ficaram perto da estabilidade, enquanto as mais negociadas da Petrobras caíram mais de 1%.

Mercado externo
No mercado internacional, os agentes mantiveram o otimismo pela manhã com uma recuperação no setor financeiro. Na semana passada, Citigroup, JP Morgan e Bank of America anunciaram que tiveram lucro nos dois primeiros meses de 2009.
Os agentes também repercutem uma entrevista do presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Ben Bernanke, na qual ele disse que a recessão, provavelmente, deve acabar esse ano. As declarações foram feitas no programa " 60 Minutes " e marcaram a primeira entrevista de televisão de um presidente do Fed em 20 anos.
Em fevereiro, porém, a indústria nos EUA chegou ao patamar mais baixo desde 2002. No Brasil, foco no vencimento de opções sobre ações, o que pode somar alguma instabilidade ao pregão, especialmente às ações da Petrobras e Vale, que concentram as posições.
No setor financeiro, a seguradora AIG anunciou que já desembolsou US$ 165 bilhões para efetuar pagamentos a grandes bancos americanos e internacionais, entre eles o Goldman Sachs, Société Générale, Barclays e Deutsche Bank. Entretanto, o presidente dos EUA, Barack Obama, disse que fará o possível para reverter este pagamento.

Ações
Nos Estados Unidos, o índice-referência Dow Jones fechou em baixa de 0,10% depois de operar com valorização durante a maior parte da segunda-feira. O indicador Nasdaq, que reúne empresas de tecnologia, teve queda de quase 2% no dia.
Na Europa, as bolsas de valores da Europa terminaram em alta pela quinta sessão consecutiva, impulsionadas pelo setor bancário após notícias de que o banco Barclays está avaliando a venda de uma unidade e que está com fortes índice de atividade.
O índice FTSEurofirst 300, referência das principais ações europeias, subiu 2,42%, para 719 pontos. O indicador ainda acumula perdas de 13,7% no ano.
Na Ásia, que ainda repercutiu o bom humor do mercado financeiro da sexta-feira, a semana começou com alta para os principais mercados da região.
(Com informações da Reuters e Valor OnLine)

Nenhum comentário: