Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, março 27, 2009

Bovespa tem baixa no dia, mas ganha mais de 4% na semana

Após dois dias de valorização, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda nesta sexta-feira (27), em um pregão de ajuste. Ao fim dos negócios, o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, recuou 1,60%, aos 41.907 pontos.
Os investidores aproveitam as altas recentes para vender ações, derrubando os preços. As ações da Embraer, que divulgou queda no lucro nesta sexta, lideraram as perdas do dia, com recuo de 8,5%. O mesmo ocorreu com a Aracruz, que teve fortes perdas no ano passado - os papéis da companhia recuaram mais de 7%.
No sobe-e-desce da semana, a Bovespa terminou em território positivo. Em relação ao fechamento da sexta-feira da semana passada (20), a alta nos últimos cinco dias ficou em 4,56%.

Mercado externo
O dia também foi de perdas em Wall Street, onde os investidores colocam no bolso parte dos ganhos de mais de 8% acumulados ao longo da semana. No dia, o índice Dow Jones, referência para o mercado de Nova York, teve queda de 1,87%, terminando aos 7.776 pontos.
Os agentes de mercado assimilaram ainda os dados sobre a renda e os gastos do americano. Em fevereiro, o rendimento do trabalhador caiu 0,2% e os gastos subiram 0,2%, marcando o segundo mês de expansão. O dado para janeiro foi revisado, apontado aumento de 1% nos gastos do americano.
Na Europa, as vendas já são realidade. As bolsas de valores da Europa terminaram em baixa nesta sexta, interrompendo seis dias de ganhos, com os investidores aproveitando a alta para vender as ações e realizar lucros. O índice FTSEurofirst 300, referência das principais ações europeias, caiu 1,06%, para 737 pontos.
Na Ásia, a semana terminou com perda de 0,11% em Tóquio e baixa de 0,51% em Seul. Já na China, Hong Kong e Xangai subiram.

Nenhum comentário: