Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, junho 16, 2009

Bovespa segue dados industriais dos EUA e fecha em queda de 1,59%

Novos indícios de fraqueza da produção industrial norte-americana provocaram temores sobre o ritmo de recuperação econômica e levaram pessimismo ao mercado, fazendo a Bovespa fechar em queda pela segunda vez consecutiva nesta terça-feira (16).
Principal índice da bolsa paulista, o Ibovespa recuou 1,59%, para 51.205 pontos. Durante a sessão, foram negociados R$ 4,2 bilhões.
A fonte do pessimismo foi a notícia de que a produção industrial dos EUA recuou 1,1% em maio, retração mais forte do que a prevista por economistas. Além disso, o uso da capacidade instalada caiu para o menor nível desde 1967.
Em Wall Street, o índice Dow Jones perdeu 1,25%.
O dia também foi de perdas nos mercados de commodities, tornando as companhias ligadas a matérias-primas as principais responsáveis pela queda do Ibovespa.

Mais dados
Nesta terça também foi divulgado o índice de preços ao produtor no país, que aumentou 0,2% em maio, acompanhando avanço de 0,3% um mês antes. Sem alimentos e energia, itens considerados mais voláteis, o indicador cedeu 0,1% no mês passado, após elevação de 0,1% em abril.
Em maio, os preços da energia tiveram alta de 2,9%, mas os dos alimentos caíram 1,6%. Um mês antes, tiveram, respectivamente, queda de 0,1% e aumento de 1,5%.

Leia mais notícias de Economia e Negócios

Nenhum comentário: