Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, junho 04, 2009

Em dia de recuperação, Bovespa sobe 2,64% com Petrobras e Vale

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em forte valorização nesta quinta-feira (4) após registrar duas baixas seguidas. O índice Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, teve ganho de 2,64%, terminando aos 53.463 pontos.
O papel preferencial da Petrobras foi o que mais contribuiu com pontos positivos para o Ibovespa, subindo 2,84%, a R$ 34,09. A ação preferencial da Vale ganhou 2,27%, cotada a R$ 32,342. O volume financeiro negociado voltou a ser alto, ainda que inferior ao da véspera, marcando R$ 4,6 bilhões.
Os futuros do petróleo nos Estados Unidos tiveram forte alta nesta quinta-feira. Na Bolsa de Mercadorias de Nova York, o petróleo para entrega em julho subiu US$ 2,69, ou 4,07%, fechando a US$ 68,81 por barril, o maior valor desde 4 de novembro de 2008, quando encerrou em US$ 70,53.

Outros pregões
Em Nova York, os índices fecharam em alta, animados pelos novos dados de seguro-desemprego. O índice Dow Jones, referência para Wall Street, teve ganho de 0,86%, enquanto o indicador Nasdaq teve valorização de 1,32%.
Na Europa, os índices terminaram o pregão em leve queda. O acontecimento do dia foi a decisão de juros do Banco Central Europeu (BCE) e o do Banco da Inglaterra, que conforme o esperado deixaram as taxas de juros estáveis em 1% e 0,5%, respectivamente.
As bolsas de valores da Ásia terminaram em queda nesta quinta-feira (4), após terem atingido o maior patamar em oito meses no pregão anterior. O índice Nikkei, da bolsa de Tóquio, caiu 0,75%, interrompendo uma série de ganhos de seis dias.

(Com informações da Reuters e do Valor OnLine)

Nenhum comentário: