Ocorreu um erro neste gadget

sábado, fevereiro 28, 2009

Bovespa fecha fevereiro com queda de 2,84%

Apesar de ter fechado estável esta sexta-feira (27), com alta de 0,01%, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou o mês de fevereiro com desvalorização de 2,84%. Na semana, o índice perdeu 1,37%.
Ao contrário dos pares externos, o Ibovespa ainda tem variação positiva de 1,68% no ano.
Para efeito de comparação, Dow Jones e S & P perderam mais de 4% na semana e 11% no mês. Já no ano, o Dow deve 19,5%, enquanto o S & P recua 18,6%.
Para o assessor de investimentos da Corretora Souza Barros, Luiz Roberto Monteiro, chama atenção para o comportamento das ações da Petrobras, que vinham garantindo a valorização do dia e perderam valor no ajuste final de preços.
O papel PN da estatal fechou com baixa de 0,45%, valendo R$ 26,40, depois de ir a R$ 27,34 na máxima. Já o ativo ON ganhou 0,61%, para R$ 32,70.
Assim, coube aos papéis da Vale limitar as perdas do dia. A ação PNA da mineradora subiu 1,01%, a R$ 26,83, e o ativo ON aumentou 1,21%, a R$ 30,87.

Europa e Ásia
Na Europa, os índices caíram de forma acentuada, com os bancos liderando as perdas. Ainda na região, o Banco Mundial, o Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento e o Bando de Investimento Europeu anunciaram um pacote de US$ 31,2 bilhões para fortalecer os bancos do Leste Europeu, que também sofrem com a crise.
Na Ásia, a semana chegou ao fim com ganho de 1,48% em Tóquio e alta de 0,78% em Seul. Já na China, Xangai perdeu 1,81% e Hong Kong desvalorizou 0,65%.

Véspera
Na quinta-feira, o pregão acabou de forma negativa na Bovespa, que não escapou da virada de humor em Wall Street. Depois de subir mais de 2,5%, o Ibovespa encerrou com leve baixa de 0,13%, aos 38.180 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 3,38 bilhões.

Nenhum comentário: