Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Bovespa 'vira' no fim do pregão e fecha dia em leve queda

Depois de registrar valorização na maior parte do pregão, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) seguiu o mau humor do mercado norte-americano e fechou em leve baixa. O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, terminou o dia com perdas de 0,13%, aos 38.180 pontos.
Entre as ações locais, novamente a Embraer, que anunciou 4,2 mil demissões na semana passada, figurou entre as maiores perdas, com recuo superior a 3%. As "blue chips" Vale e Petrobras também tiveram dia positivo, com ganhos na faixa de 1% e 2%, respectivamente.
O volume negociado foi abaixo da média das últimas semanas, marcando R$ 3,38 bilhões.

Mercado externo
No setor financeiro, os agentes aguardam notícias da reunião anual de acionistas do JP Morgan. O UBS trocou seu comando - sai Marcel Rohner e entra o Oswald Gruebel, ex-Credit Suisse. O papel do Royal Bank of Scotland (RBS) sobe forte em Londres depois de apontar prejuízo anual de US$ 34 bilhões, menor do que o previsto.
Com isso, o índice FTS Eurofirst 300 - que reúne os principais mercados europeus - fechou em alta de 2,28%, a 732 pontos, depois de bater o nível mais baixo em seis anos na quarta-feira (25). O indicador acumula queda de mais de 12% este ano, após despencar 45% em 2008
O mercado de Nova York, que apontava resultado positivo no início do dia, virou no meio da tarde. Com isso, perto do horário do fechamento no Brasil, o indicador Dow Jones - referência para Wall Street - tinha queda de mais de 1%, enquanto o tecnológico Nasdaq perdia mais de 2%.

(Com informações da Reuters e do Valor OnLine)

Nenhum comentário: