Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, maio 13, 2009

Bovespa registra a 3ª queda seguida e perde patamar de 50 mil pontos

O indice Ibovespa teve queda de 3,27%, fechando aos 48.679 pontos. Com o resultado, índice teve a pior queda diária em dez semanas.
A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em forte baixa nesta quarta-feira (13), no terceiro pregão seguido de desvalorização nesta semana. Se o resultado não se inverter nos próximos dois dias, a bolsa paulista segue para a primeira desvalorização semanal em mais de dois meses.
Contribuindo para as vendas, mais bancos e corretoras divulgaram relatórios afirmando que os ativos brasileiros estão "caros". A recomendação é esperar um melhor ponto de entrada.
Isso fez com que o índice Ibovespa, referência para o mercado nacional, caísse 3,27% no dia, fechando aos 48.679 pontos. Foi a pior queda diária em dez semanas.
O pregão desta quarta-feira marcou também a perda do patamar de 50 mil pontos pelo índice Ibovespa. O volume financeiro negociado no dia foi de quase R$ 5 bilhões. Apesar da forte queda nos últimos dias, o indicador ainda aponta ganho de 29,63% no acumulado de 2009.

Dados externos
No campo econômico, a produção industrial da China teve crescimento de 7,3% sobre abril do ano passado, mas o resultado ficou abaixo do esperado e também mostrou uma perda de dinamismo sobre o março, quando o crescimento fora de 8,3%. Já as vendas no varejo dispararam 14,8% também em abril, no comparativo anual.
Nos Estados Unidos, os consumidores voltaram a conter os gastos. As vendas no comércio varejista recuaram 0,4% no mês passado, contra previsão de redução de 0,1%. Nos quatro primeiros meses do ano, as vendas afundaram 10%.
Além disso, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos planeja reabrir o fundo de resgate de US$ 700 bilhões a bancos pequenos, uma vez que os maiores pagaram de volta ao governo parte do dinheiro recebido.

No Brasil
O governo brasileiro anunciou nesta quarta-feira que pretende tributar, a partir de 2010, as cadernetas de poupança com saldo superior a R$ 50 mil. O objetivo é afastar os grandes investidores da aplicação.
No mercado interno, a produção da indústria do estado de São Paulo deve crescer 3,2% em abril na comparação com o mês anterior, segundo o Sinalizador da Produção Industrial (SPI).
Na comparação dos últimos 12 meses, com os 12 meses anteriores, no entanto, o setor pode registrar queda de 2,7%, o que seria o menor nível desde setembro de 2002, quando houve recuo de 3%.
A petroquímica Braskem anunciou nesta quarta-feira que decidiu paralisar uma de suas fábricas no pólo de Camaçari, na Bahia. A unidade produz caprolactama, matéria-prima utilizada na fabricação de nylon 6.
Segundo a empresa, a maior parte da fabricação era destinada ao mercado internacional. Com a queda da demanda provocada pela crise global, a empresa teve que reduzir a utilização da capacidade da fábrica, o que inviabilizou a operação.

Outros pregões
No mercado europeu, o dia foi de baixa. O principal índice do mercado europeu, o FTSEurofirst 300, que reúne diversas praças do continente, teve queda de quase 2,5%, seguindo baixas em Frankfurt, Londres e Paris.
Nos Estados Unidos, o resultado também foi bastante negativo. O índice Dow Jones, referência para o mercado de Nova York, fechou em baixa de 2,17%, enquanto o indicador eletrônico Nasdaq teve perda de 3,02%.
(Com informações da Reuters e do Valor Online)

Nenhum comentário: